SONY DSC

Em reunião na noite desta segunda-feira, 19, no Centro Diocesano, a Comissão do Jubileu de Ouro da Diocese de Erexim apreciou as sugestões dos seus grupos.

O da memória histórica apresentou sugestões para as comunidades retomarem sua história, pesquisando quem foram os primeiros moradores, quando chegaram, como se organizaram, construção da igreja e escolha dos padroeiros, padres, diáconos e religiosos oriundos da comunidade e outros aspectos. As pastorais e movimentos, a seu modo, fariam o mesmo. Os dados recolhidos nas comunidades seriam sintetizados pela respectiva Paróquia e em nível diocesano fariam parte de uma publicação comemorativa ao Jubileu.

Ver-se-á também a disponibilização de textos de fundamentação bíblica, teológica e pastoral do jubileu. Eventual publicação não deve ater-se ao aspecto histórico, mas tenha reflexão sobre alguns aspectos como a ação evangelizadora da Diocese nos seus 50 anos, sua ação na promoção humana, sua presença na sociedade, a ação dos leigos leigas no período.

O grupo da comunicação apresentou a logomarca do Jubileu que terá como tema: “Diocese de Erexim, 50 anos a serviço da fé e da vida”. Ela será lançada no dia 13 de novembro, Dia Mariano e Vocacional, no Seminário de Fátima. O grupo repassará aos outros os conteúdos produzidos. Verá a síntese do ano jubilar.

O grupo da celebração indicou diversas atividades, o dia vocacional e mariano no Santuário no dia 13 de cada mês com a programação já anunciada na Romaria; destaque na semana por ocasião do dia de ação de graças, 26 de novembro, com cartão contendo oração e bênção da mesa a ser utilizado em todo o ano; jubileu da vida consagrada, dia 02 de fevereiro de 2021; jubileu dos presbíteros, 31 de março, quarta-feira santa; por ocasião do dia da criação da Diocese, 27 de maio, com roteiro simples, celebração nas famílias, nos grupos de famílias e nas comunidades, recordando a história delas e a centralidade da eucaristia para a sua vida, tendo presente a proximidade da Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, dia 03 de junho; encontro de oração ecumênica lembrando os 50 anos da Diocese na Semana de Oração pela Unidade Cristã, na Catedral; grande celebração comemorativa do cinquentenário no dia da instalação da Diocese, 1º de agosto de 2021, com representantes das paróquias, pastorais, movimentos, com convite aos Bispos especialmente aos da Província Eclesiástica de Passo Fundo; encontros por áreas pastorais, entre julho e setembro de 2021, possibilitando a participação de mais pessoas em celebrações descentralizadas; encerramento do ano jubilar na romaria no dia 10 de outubro de 2021, como “encontrão diocesano”; sua novena, da segunda à oitava noite, poderia ser assumida pelas Áreas pastorais; símbolos a serem utilizados durante o ano jubilar.

Pe. Sala comporá o hino do jubileu. Haverá também a oração do jubileu.
O grupo dos eventos sugeriu um churrasco beneficente, cujo resultado financeiro será gesto concreto em favor de obra de promoção humana, em princípio, no dia primeiro de agosto; confecção de alguma lembrança do jubileu; conforme o processo próprio e o parecer do Conselho de formadores, ordenação de novos diáconos permanentes; Dia Eucarístico na solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo; “12 horas de misericórdia” no Santuário de Fátima, dia 13 de março, no espírito da dimensão do perdão do ano jubilar.

A próxima reunião será no dia 12 de novembro, às 19h, no Centro Diocesano. (Com resenha do Pe. Maicon Malacarne, Pároco da Paróquia N. Sra. Aparecida, Bela Vista, Erechim e coordenador diocesano de Pastoral)

Anúncio Patrocinado