Preocupada com a estiagem, que tem provocado prejuízos na cultura do milho e deixado apreensivos os produtores de soja e de feijão do RS, a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) se reuniu com a Emater/RS-Ascar para discutir sobre os reflexos da estiagem sobre as culturas.

A reunião aconteceu na manhã desta quinta-feira (12) e, de acordo com o diretor técnico da Emater/RS, Alencar Rugeri, também foram discutidos temas como o programa de irrigação, o Proagro, o Troca-Troca de Sementes de Milho e a alimentação do rebanho leiteiro.

“Apresentamos nossa atuação permanente na busca pela agilidade dos processos e na orientação mais adequada aos produtores, que estão apreensivos, visto que o milho, tanto grão como silagem, registra perdas irreversíveis e já consolidadas, em especial na faixa entre as regiões Noroeste para a Nordeste do Estado, onde a cultura foi primeiro implantada.

No caso da soja, que segue em implantação no RS, é grande a ansiedade e a tensão por parte dos produtores em função da falta de chuvas sobre o Estado.

Participaram da reunião o diretor técnico e o gerente de Planejamento, Alencar Rugeri e Rogério Mazzardo, além dos representantes da Seapdr, o assessor técnico da Câmara Setorial do Milho, Valdomiro Haas, o diretor de Politica Agrícola e Desenvolvimento Rural, Ivan Bonetti, e o diretor das Câmaras Setoriais e Temáticas, Paulo Lipp João.

Anúncio Patrocinado