No final da missa da 67ª Romaria Diocesana de Fátima, no dia 11 de outubro passado, Dom Adimir instituiu um dia especial na Diocese, dizendo: “Todo dia 13 de cada mês, independentemente do dia da semana – Dia Mariano e Vocacional no Santuário Diocesano, com Oração Manhã as 07h; Oração do Ângelus às 12h; Terço e Missa às 14h com bênção da saúde e Terço e Missa às 18h30.”

Nesta sexta-feira, dia 13 de novembro, nas duas missas no Santuário foi apresentada a logomarca do ano jubilar de ouro da Diocese. Pe. Giovani Momo, do Seminário de Fátima, presidiu o terço e a missa das 14h. Pe. Lucas Stein, Vigário Paroquial da Paróquia N. Sra. da Salette, Bairro Três Vendas, Erechim, presidiu o terço e a missa das 18h30, com equipe da mesma paróquia, animada pelo seu Pároco, Pe. André Lopes.

A logomarca
No final das missas, Pe. Giovani e Pe. André, apresentando a logomarca do ano jubilar de ouro da Diocese de Erexim, explicaram os principais elementos da mesma. Ela é feita em círculo com as torres das igrejas das sedes paroquiais das 30 Paróquias da Diocese, em cor dourada e azul, tendo no centro o número 50, em cor dourada; o tema: “Diocese de Erexim, 50 anos a serviço da fé e da vida” e o lema “Caminha conosco, Senhor”, inspirado na passagem dos discípulos de Emaús (Lc 24,13-35), que foi o pano de fundo da 14ª Assembleia Diocesana da Ação Evangelizadora que projetou o 14º Plano Diocesano 2020-2023. No centro do número 50 está um lírio, símbolo de São José, padroeiro da Diocese.

A Diocese de Erexim foi criada pelo Paulo VI em 27 de maio de 1971, juntamente com as Dioceses de Rio Grande e de Cruz Alta. Foi instalada no dia primeiro de agosto de 1971, com a posse de seu primeiro bispo, Dom João Aloysio Hoffmann, falecido em 27 de junho de 1998.

Anúncio Patrocinado