Um ônibus caiu de um viaduto conhecido como “Ponte Torta”, no km 350 da BR-381 em João Monlevade, perto da entrada para Dom Silvério, em Minas Gerais. O acidente aconteceu por volta de 13h30 desta sexta-feira (4). Há suspeita de falha no freio do veículo.

Às 20h50, a informação dos bombeiros era de 17 mortes – 12 no local e cinco no hospital.

As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital Margarida, em João Monlevade. Segundo os bombeiros, até as 19h, outras 27 pessoas feridas foram resgatadas, sendo três em estado grave.

O ônibus, que saiu de um povoado na zona rural de Mata Grande (AL) na manhã de quinta-feira (3) e ia para São Paulo (SP), pertence a uma empresa chamada Localima Turismo.

Os feridos em estado grave – um adulto e duas crianças – precisaram ser encaminhados de helicóptero para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o estado de saúde deles é bastante grave. Todos estão intubados.

Como aconteceu o acidente

Segundo as informações do Corpo de Bombeiros, quando estava passando pela ponte, no sentido Belo Horizonte da pista, o ônibus “perdeu o controle do veículo após suposta falha mecânica no freio, chocando seu retrovisor com um caminhão que estava no local”.

A Polícia Rodoviária Federal também trabalha com a informação de que o motorista pulou do veículo e depois fugiu: “Sim. As informações repassadas do local são essas. Inclusive há equipes de policiais na tentativa de localizar o motorista”, disse o inspetor Cristiano Mendes, chefe-substituto da comunicação social da PRF.

Os bombeiros informaram, às 20h, que não haverá novas transferências entre hospitais nesta sexta e que todas as vítimas já foram retiradas do local.

Anúncio Patrocinado