A Polícia Militar  de Concórdia-SC, divulgou na tarde desta segunda-feira, dia 4, mais alguns detalhes referentes a ocorrência registrada no bairro Vila Nostra, onde um casal, ainda não identificado teria ido a uma residência e tentado levar uma bebê de apenas 1 ano e 10 meses de idade. O caso chegou ao conhecimento da Polícia Militar volta das 9h. Logo depois uma guarnição foi ao local realizar o atendimento da ocorrência visando identificar os suspeitos.

A vítima, dona Arminda Drehmer, ficou muito assustada com a situação, já que não conhecia o casal que falava com dificuldades o português. Depois de insistir e Dona Arminda não deixar o casal entrar, eles saíram do local. Por enquanto, eles não foram encontrados para os esclarecimentos, segundo as informações da Polícia Militar.

Os policiais orientaram a vítima para os cuidados visando evitar possíveis casos de sequestros. Além disso, através de levantamento de câmeras de vídeo monitoramento de vizinhos foi possível identificar se tratar da uma EcoSport cor branca, usada pelos suspeitos.

Dona Arminda disse ao jornalismo da Atual FM que achou muita estranha a atitude do casal. O carro também tinha os vidros bem escuros e não era possível identificar se mais pessoas estavam no automóvel.

Pelas redes sociais, ela fez um alerta para as mães ficarem atentas. Ela suspeita até de um possível rapto de crianças. Ela também relatou que o casal já tinha conhecimento até do nome da sua neta. Por isso, a preocupação foi muito maior. Dona Arminda, assustada não abriu o portão da casa. Não deixou o casal ter acesso a residência.

Anúncio Patrocinado