O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia para sanção dos projetos de lei que ampliam a aquisição de vacinas pelo Governo Federal.

Em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada nesta segunda-feira (19), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o povo que votar em Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seu possível adversário nas eleições de 2022, “merece sofrer”.

Bolsonaro comentou o julgamento da semana passada em que o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu, por oito votos a três, anular as condenações impostas ao ex-presidente no âmbito da Operação Lava-Jato. A decisão devolveu a elegibilidade ao petista.

“Foi oito a três o placar lá. Você interprete como quiser. Agora, pelo amor de Deus, o povo que, porventura, vote em um cara desses, é um povo que merece sofrer”, declarou o presidente.

Bolsonaro também afirmou que espera definir o seu novo partido até o fim deste mês. Ele também confirmou que é “muito pequena” a chance de conseguir criar o Aliança pelo Brasil. “Aliança? Muito pequena a chance de sair. Já estou atrasado, já, não tenho outro partido, espero que esse mês eu resolva”, disse.

Após Lula recuperar a elegibilidade, aliados passaram a defender que Bolsonaro retorne ao PSL, partido pelo qual foi eleito presidente, mas de onde saiu em 2019 depois de uma disputa pelo comando da legenda.

Bolsonaro e Lula ainda não confirmaram publicamente se irão concorrer no pleito do ano que vem.

Anúncio Patrocinado