SONY DSC

No seu ano jubilar de ouro, a Diocese de Erexim viveu o jubileu eucarístico na solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, nesta quinta-feira, visando fortalecer a unidade na diversidade das comunidades da Igreja diocesana.

Na cidade de Erechim, as 7 paróquias e o Santuário N. Sra. de Fátima celebraram missa pela manhã e algumas também no final do dia, com momentos de adoração eucarística. Às 15, houve missa na Catedral São José, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Adimir Antonio Mazali, concelebrada por dez padres, com a participação de diversos ministros e ministras e do coral N. Sra. de Fátima, sob a regência do Pe. José Carlos Sala.

O bispo iniciou a homilia lembrando que a Diocese, nesta solenidade, no seu ano jubilar de ouro, vive o jubileu eucarístico, destacando que a Eucaristia é o centro da vida das comunidades e da fé. Ressaltou que Cristo falou muitas vezes do Pão da Vida que haveria de dar, o que realizou na última Ceia, quando, tomando o pão e o vinho, os transformou em seu Corpo e Sangue, dizendo-lhes “tomai e comei; tomai e bebei; fazei isto em memória de mim”. Referiu afirmação de São João Paulo II, a Eucaristia é o que de mais precioso a Igreja tem no seu caminhar ao longo da história. Citou ensinamento de Santo Inácio de Antioquia, para quem a Eucaristia é remédio de imortalidade, alimento para a vida eterna, auxílio para viver na caridade, no amor a Deus e ao próximo como a si mesmo. Mencionou também testemunho do jovem beato Carlo Accutis, a Eucaristia é a minha autoestrada para o céu. Destacou a necessidade do louvor e gratidão a Deus pelo mistério da Eucaristia, da renovação da fé na presença real de Cristo na hóstia consagrada e da partilha fraterna, exigência da partilha do Pão do Altar.

Após a missa, Dom Adimir conduziu o Santíssimo num carro aberto, seguido de muitas conduções até o Santuário N. Sra. de Fátima, onde deu a bênção final. Por mais de meia hora, os carros iam passando pelo monumento e recebiam a bênção de diversos ministros.
Em todas as celebrações, houve coleta de alimentos e produtos de higiene e limpeza, que a Cáritas repassará a entidades e a famílias necessitadas, dentro da campanha lançada pelo bispo no dia primeiro de maio, “Dai pão a quem tem fome”.

Anúncio Patrocinado