Durante audiência na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, afirmou que a decisão sobre o aumento no valor das bandeiras tarifárias deve ser tomada até o fim de junho.

O país vive a pior crise hídrica dos últimos 91 anos, com os reservatórios das bacias das principais usinas hidrelétricas em níveis muito baixos. Por isso, houve a necessidade de acionamento de mais usinas termelétricas. O acionamento das bandeiras tarifárias reflete o aumento no custo da geração de energia no país.

Este será o primeiro aumento nos valores das bandeiras desde 2019. Em 2020, por conta da pandemia da Covid-19, os valores foram mantidos e a bandeira verde foi acionada de junho a novembro.

Anúncio Patrocinado