Ao chegar ao local, os policiais encontraram a criança de poucos dias de vida enrolada em uma manta dentro de um sofá e acionaram os bombeiros para oferecer os primeiros cuidados à pequena. De acordo com a PM, ela ainda estava com o umbigo aberto e havia sinais de que o parto teria acontecido há pouco tempo.

Eduardo Dambroski, chefe de socorro, esteve no local com outros dois bombeiros. “Quando chegamos, encontramos a bebê já no colo de um dos policiais, sendo bem cuidada, coberta, tudo certinho”, lembra. Na madrugada estava chovendo e fazia frio.

“É uma situação bem emocionante, não é todo dia que a gente atende uma ocorrência dessas”, conta Eduardo. Os bombeiros levaram a pequena menina ao Hospital de Três Barras, onde ela foi avaliada. A bebê passa bem e ficou aos cuidados da maternidade.

Mesmo após o fim do plantão, a ocorrência não sai da cabeça do chefe de socorro. “Vim pensando nisso pra casa. É uma situação triste, mas também é de esperança porque está sendo dada uma nova chance a essa bebê”, destaca.

No hospital, os bombeiros ainda acompanharam os primeiros cuidados à menina. “A gente conversou com a equipe médica e concordou em dar o nome provisório de Vitória, por toda a situação que ela passou” diz Eduardo.

A bebê continua no hospital e o Conselho Tutelar foi acionado. A PM fez buscas aos pais da criança, mas eles não foram encontrados até o momento.

 

Anúncio Patrocinado