Um idosa de 70 anos perdeu mais de R$ 60 mil no golpe do cartão clonado, na última quarta-feira, dia 21, em Concórdia.

Os estelionatários ligaram para várias pessoas se passando por representantes de bancos. Eles relatavam nas ligações que o cartão das pessoas havia sido clonado e que compras haviam sido feitas. Também mentiam que era necessário bloquear os cartões para evitar novas compras.

Com essa argumentação, os golpistas solicitaram números e senhas, e informavam que alguém da agência passaria na casa das vítimas para apanhar o cartão e eliminá-lo.

Foi desta forma que a idosa perdeu o dinheiro. Ela acabou acreditando na história e repassou todos os dados. Em seguida, recebeu a visita do falso representante do banco e entregou o cartão.

Mais tarde, percebeu que alguém havia feito dez operações bancárias com seu cartão. Entre transferências, saques e envio de dinheiro via PIX, ela perdeu R$ 61,8 mil.

A prisão

O estelionatário foi preso após tentar aplicar o golpe em outra idosa. Desta vez, a nora da vítima desconfiou e não deixou a mulher entregar o cartão.

A Polícia Civil foi informada e iniciou as buscas. Com auxílio de imagens de sistemas de monitoramento, os policiais conseguiram localizar o golpista, que é de São Paulo. Ele foi levado para a delegacia, onde foi reconhecido pelas vítimas.

A Polícia Civil segue investigando o caso, para saber se mais pessoas foram enganadas e para tentar recuperar o dinheiro da idosa.

Anúncio Patrocinado