Chapecó – Um homem de 55 anos foi preso preventivamente suspeito de estuprar a enteada de 10 anos em Chapecó. A prisão foi cumprida na tarde desta quinta-feira (12), pela Polícia Civil, por meio da DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso).

O delegado da DPCAMI, Eder Matte, explica que o caso chegou ao seu conhecimento na última terça-feira (10). A situação chamou bastante atenção dos policiais, porque a menina entregou um bilhete ao monitor do transporte que a levava até a escola que estuda.

No papel ela dizia “Me ajuda estou sofrendo abuso sexual”. O monitor acionou o Conselho Tutelar que levou o caso à polícia. A menina e testemunhas foram ouvidas e perícias foram realizadas durante a investigação.

“Chamou atenção neste caso a forma em que a criança pediu ajuda. Aquela atitude foi um pedido de socorro. A vítima deveria estar vivenciando uma situação terrível. A maioria dos abusos sexuais praticados contra crianças e adolescentes ocorrem no ambiente familiar. Devemos cuidar nossas crianças e ficar atentos a qualquer mudança de comportamento”, salientou Matte.

Depois de instaurado o Inquérito Policial, o delegado representou pela prisão preventiva do acusado. O pedido teve parecer favorável do Ministério Público de Santa Catarina e foi deferida pelo Poder Judiciário. O homem foi encaminhado para o presídio de Chapecó, onde permanecerá a disposição da Justiça. (Por ND+)

Anúncio Patrocinado
VIAJornalismo - Rádio Aratiba
FONTEAtualfm
Artigo anteriorNovo modelo de CNH possibilitará inclusão de nome social
Próximo artigoAratiba: Programa Cultura e Arte por Toda a Parte leva aula de dança à praça central