A manhã de sexta-feira, 29 de julho, ficou marcada na história do município pela inauguração do Sistema de Videomonitoramento.

A solenidade, realizada na sede da Brigada Militar de Barra do Rio Azul, contou com a presença de autoridades civis, militares e religiosa, representantes de cooperativas, entidades e empresários. O projeto foi coordenado pelo secretário da Administração e Finanças, Anderson Bagatini.

O Sistema de Videomonitoramento, agora em funcionamento na cidade, conta com 07 câmeras em pontos estratégicos e é resultado de uma conjunção de esforços da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Sul, da Brigada Militar e da Prefeitura de Barra do Rio Azul, conta com o auxílio financeiro da Cresol e da Sicredi.

Na ocasião, foi inaugurada as reformas no prédio da Brigada Militar. O valor do investimento por parte da Prefeitura é de R$30 mil, além de recursos de empresas locais.
O prefeito Marcelo Arruda, destacou os investimentos que a Administração Municipal está realizando na segurança pública e a importância da implantação das câmeras. “Essa é uma importante conquista para nosso município. A utilização do Sistema de Videomonitoramento visa não só apoiar o combate ao crime de forma integrada e organizada, ou inibir as ações ilícitas, mas também agir de forma preventiva, otimizando recursos e multiplicando o atendimento à população”.

Estiveram presentes prefeito Marcelo Arruda, vice-prefeito, Maximino Basso, secretários municipais, presidente da Câmara de Vereadores, Ivacir Ogrodoski, do Comandante do 13º BPM, Major André Konigonis, Sub-Comandante, Major Maurício Detoni, Comandante do 5º Pelotão, Tenente Edson, Comandante da Companhia, Capitão Altemar Dutra, padre Carlos Pontel, vice-presidente da Sicredi, Luiz Caramori, gerente da Sicredi, Vianei Oliveira, Diretor Executivo da Cresol, Volnei Jonatto, gerente da Cresol, Julio Pan e funcionários da Prefeitura.

Anúncio Patrocinado
VIAJornalismo - Rádio Aratiba
FONTEAssecom
Artigo anteriorAratiba realiza torneio de férias de futebol 7
Próximo artigoIBGE prorroga até 3 agosto inscrições para concurso de recenseador