Advogado de Seara que estava na lista da Interpol é preso no Paraguai

242

O advogado Venâncio Antonio Lonczynski que atuou em Seara foi preso pela polícia do Paraguai, nesta quarta-feira (12). Ele foi condenado a nove anos de prisão e estava foragido há dois anos. O nome do advogado estava na lista de procurados pela Interpol.

Segundo informações da Belos FM, o advogado foi condenado pela prática de receptação simples, adulteração de veículos e uso de documento falso. Os crimes foram praticados- entre 2004 e 2007 – quando atuava com compra e venda de veículos. Ele foi condenado em primeira instância a sete anos de prisão. Mas o Ministério Público recorreu da decisão e o Tribunal de Justiça aumentou a pena para nove anos de reclusão.

O juiz da Comarca de Seara, Douglas Cristian Fontana expediu o mandado de prisão após a sentença definitiva, com o caso transitado em julgado. O nome dele foi incluído na lista da Interpol, pois havia a suspeita que ele estava no exterior.

O advogado deve ser encaminhado ao Brasil, nos próximos dias, para cumprir a pena.