Amizades podem reduzir riscos de depressão, segundo estudo

291

Você, jovem, que tem se sentido só, deprimido e prefere se isolar das pessoas, precisa procurar um amigo o mais rápido possível. Está achando estranho? O pessoal da revista Proceeding of the Royal Society B não. Em agosto, eles publicaram um estudo que mostra que amigos podem ajudar a reduzir a depressão em jovens. A pesquisa avaliou, por meio de um modelo matemático, o estado de ânimo de aproximadamente dois mil adolescentes americanos para verificar se o mesmo era contagioso. Segundo o estudo, os estados de ânimo não são contagiosos, e o contato com amigos equilibrados pode até reduzir os riscos de depressão. A goiana Giovanna Ribeiro é estudante e tem 17 anos. Para ela, ter amigos é essencial.

“Quando eu estou com meus amigos, eu me sinto muito feliz. Quando estou passando por algum problema na vida, algum problema pessoal, eles me fazem esquecer ou então eles me ajudam a resolver. Então, eu acho que amigo é uma coisa essencial na nossa vida.”

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a OMS, cerca de 350 milhões de pessoas no planeta sofrem de depressão. Thomas House, um dos autores do estudo, diz que ter um bom vínculo social pode ser uma boa forma de combater a depressão.