Aratiba implanta sistema de cercamento eletrônico

192

Com a ação anunciada pelo Governo Municipal e a Brigada Militar, 17 pontos passam a ser monitorados através de 22 câmeras. O equipamento é composto por câmeras fixas com visão noturna e alcance de 50 metros, que permitem leitura de placas e reconhecimento de face, e câmeras com cobertura de 360 graus, com capacidade de 30 vezes de zoom, que permitem captar imagens de boa qualidade em até 2 km de distância. As imagens serão geradas para a central de monitoramento em tempo real, através de fibra ótica desde a origem. Os equipamentos estão sendo instalados nas divisas com os municípios de Erechim, Mariano Moro, Três Arroios, Barão de Cotegipe, Barra do Rio Azul e Itatiba do Sul, nas principais rótulas da Cidade, no Parque de Eventos e no pórtico de acesso ao Município, junto à RS-420.

No lançamento do sistema, o tenente Edson Otfinoski, representando a Brigada Militar, Consepro e Polícia Civil, disse que o Município é o único do Alto Uruguai que vai ter um sistema de cercamento da totalidade do seu território. “Aratiba está dando um passo enorme em termos de segurança pública. O sistema vai proporcionar condições excelentes de trabalho e vai contribuir muito para melhorar a sensação e a condição de segurança da população”, disse. O tenente também citou o interesse do Poder Público, que reformou a sala de controle do monitoramento, dos vereadores que aprovaram o projeto, do Consepro e das entidades que auxiliaram, destacando a Cresol, que liberou recursos para a compra de móveis para o local.

Os técnicos responsáveis pela instalação explicaram que o sistema conta, também, com computadores e softwares compatíveis com a atividade, o que torna o aparato muito confiável. Neste sentido, o diretor da Creral Telecom, Edilson Guzzo, ressaltou que o projeto de fibra ótica implementado pela empresa em parceria com a Prefeitura Municipal passa a se desdobrar para além da melhoria da comunicação entre as pessoas. “O projeto de fibra ótica de Aratiba é o mais avançado já executado pela Creral, porque possibilita intervenções na segurança, que é uma das garantias fundamentais para a vida das pessoas”. O vice-prefeito, Izelso Zin, destacou a prevenção aos assaltos e roubos que o sistema vai proporcionar relatando que “o interior está sendo muito visado, muitas vezes numa propriedade rural é invadida, os agricultores perdem tudo e dificilmente estes valores são recuperados”. O prefeito de Aratiba, Guilherme Granzotto, ressaltou a parceria que foi construída em torno do projeto. “Esta iniciativa prova que nada se faz sozinho, que todas as conquistas são decorrentes de um envolvimento comunitário e que o dinheiro público deve ser investido no bem estar das pessoas”.

Saiba onde estão sendo instaladas as câmeras:
– Câmeras com leitura de placa: na Usina Hidrelétrica Itá (junto ao antigo posto fiscal) e no pórtico de entrada da Cidade.

– Câmera com captação 360º: na rótula do Distrito Pio X, divisa com Barra do Rio Azul; no Distrito Rio Azul, divisa com Itatiba do Sul e Barão de Cotegipe; na comunidade XV de Novembro, junto à RS-420; na comunidade de Vista Alegre, divisa com Erechim; no Distrito de Dourado, junto ao acesso a Três Arroios e no centro do Distrito; na comunidade de Encruzilhada da Várzea, próximo à ponte da divisa com Mariano Moro; na Igrejinha do Sarandi; na entrada e no centro do Parque de Eventos; em frente ao Ginásio Municipal; na entrada da Área Industrial; na esquina do Clube Aliança; na rótula central e na rótula da prefeitura.

Em alguns destes locais estão sendo instaladas mais de uma câmera.