Área Pastoral de Erechim estuda documento sobre leigos e leigas

806

Padres, diáconos e leigos das 7 Paróquias católicas de Erechim participaram de reunião na noite desta quinta-feira, no Centro Catequético São Cristóvão para darem início ao estudo do recente documento da CNBB, intitulado “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade – Sal da Terra e Luz do Mundo”.

Pe. André Lopes, coordenador da Área Pastoral, sugeriu a leitura da apresentação e da introdução do documento. Após a leitura, houve diversos comentários, especialmente sobre a pertença comum à Igreja de ministros ordenados, religiosos e religiosas, leigos e leigas a partir do Batismo; os leigos como sujeitos eclesiais e a natureza próprio da missão do leigo na sociedade.

O Documento tem os seguintes fatores que motivaram o tema neste tempo marcado por uma “mudança de época”: a caminhada eclesial da Igreja na América Latina e no Brasil; o cinquentenário da conclusão do Concílio Ecumênico Vaticano II; a atualidade da Conferência de Aparecida; a visão de Igreja missionária e renovadora do Papa Francisco.

O Documento é organizado em três capítulos. O primeiro apresenta uma síntese histórica da caminhada da vida dos cristãos leigos/as, com avanços e recuos, e os rostos do laicato; dá visão panorâmica em ótica sociopastoral do atual mundo globalizado; aponta discernimentos para analisar este mundo, algumas tentações que apresenta e a necessária mudança de mentalidade e de estruturas.

O segundo capítulo aborda a reflexão sobre a Igreja a partir do concílio no enfoque da comunhão na diversidade, base para a compreensão da identidade e dignidade laical como sujeito eclesial. Identifica âmbitos eclesiais de atuação dos leigos/as como sujeitos, considerando a diversidade de carismas, serviços e ministérios na Igreja.

O terceiro capítulo enfoca a ação transformadora dos leigos/as na Igreja e, sobretudo, no mundo; a dimensão missionária da Igreja; aspectos da espiritualidade encarnada, da história da organização do laicato no Brasil; aspectos, princípios e critérios da formação do laicato; lugares de ação no mundo de hoje; indicativos, encaminhamentos e compromissos para a caminhada do laicato no Brasil.

O estudo do documento terá prosseguimento em outros encontros e especialmente pela leitura pessoal do mesmo.