Bebidas muito quentes “provavelmente” causam câncer de esôfago, adverte OMS

692

As bebidas muito quentes “provavelmente” provocam câncer de esôfago, anunciou nesta quarta-feira a agência especializada em pesquisas de câncer da Organização Mundial da Saúde (OMS), que fez questão de explicar que a temperaturas “normais” o café e o mate não possuem efeito cancerígeno.

“O consumo de bebidas muito quentes é uma causa provável de câncer de esôfago e é a temperatura – não a bebida em si – que parece ser a causa”, disse Christopher Wild, diretor da Agência Internacional para a Pesquisa sobre Câncer (IARC, na sigla em inglês), ao apresentar o estudo realizado por um comitê de 23 especialistas. As bebidas “muito quentes” são aquelas consumidas a temperaturas superiores a 65 graus, segundo a IARC.

Estudos realizados na China, Irã e Turquia, e no caso do mate na Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, onde as infusões geralmente são ingeridas a pelo menos 70 graus, demonstraram que o risco de câncer aumenta com a temperatura da bebida, destaca a agência da OMS.