Café sai da lista de bebidas consideradas cancerígenas

579

O café não é mais considerado uma bebida cancerígena pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Em um estudo publicado na quarta-feira, em que destacou que consumir bebidas a temperaturas a mais de 65ºC pode ser causa provável de câncer de esôfago, a OMS afirmou que a Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (IARC), que é parte da organização, reavaliou a carcinogenicidade do consumo de café. Desde 1991, a iguaria era considerada possível cancerígeno para humanos.

Para chegar à conclusão, a agência analisou minuciosamente mais de mil estudos em humanos e animais e concluiu que não existem evidências que sustentem a relação da bebida com cânceres de pâncreas, mama, próstata.

O café fazia parte do grupo 2B, que o classificava como possivelmente cancerígeno. Agora, a OMS o colocou no grupo 3, em que estão produtos não classificados como possível provocadores ou estimuladores de câncer.