Cinco dicas para uma fritura saudável!

935

Embora os alimentos fritos não sejam muito saudáveis, geralmente são muito gostosos, tanto pela textura crocante, quanto pelo sabor. Quem não tem pelo menos um tipo de fritura que é o ponto fraco, seja uma coxinha, batata frita ou um suculento pastel de feira?

Além disso, o processo de fritura pode reduzir o valor nutricional dos alimentos, se não preparados corretamente. Se você busca se alimentar de forma mais saudável, sem sacrificar os alimentos fritos, não esqueça de seguir essas dicas!

1. Utilize Azeite de Oliva
Apesar de seu preço ser mais caro, quando comparado a outros tipos de óleos vegetais, o azeite é provavelmente o melhor tipo de óleo que você pode usar para fazer seus alimentos fritos. O azeite tem muitos benefícios para a saúde, por isso tem uma vantagem em relação aos seus outros concorrentes.

Além dos benefícios nutricionais do azeite, ele suporta melhor o calor da fritadeira ou da panela, em comparação ao que acontece com muitos óleos de sementes (soja, milho e girassol), permitindo uma preparação mais saudável dos alimentos.

2. Mantenha o óleo limpo
É importante manter seu óleo de fritura sempre limpo e livre de impurezas. Se você deixar ele ficar velho e acumular partículas de sujeira, seu óleo vai começar a queimar e consequentemente sua comida ficará com um gosto horrível. Lembre-se que, quanto mais usar o óleo, mais propriedades ele irá perder.

Por isso, sempre filtre o óleo após utilizá-lo a fim de manter ele limpo. Não esqueça de descartar da forma correta quando ele começar escurecer muito e queimar facilmente.

3. Use uma massa mais saudável, experimente sem glúten!
Ter uma boa mistura para a sua fritura é essencial para que sua refeição se torne deliciosa e com gostinho de quero mais, mas a forma como você faz sua massa vai determinar se você fez uma opção saudável ou uma opção gordurosa e cheia de óleo.

A maioria das pessoas costumam usar de farinha de trigo para empanar suas frituras, que funciona muito bem por causa da presença do glúten, responsável por formar aquela casquinha no alimento, mas ao mesmo tempo absorve muito óleo. #DicaCyberCook: ao invés de utilizar a farinha de trigo, experimente opções sem glúten para empanar, como farinha de milho ou de arroz.

4. Utilize bicarbonato de sódio na farinha
Outra forma para ajudar a melhorar a qualidade das frituras é usar bicarbonato de sódio misturado na farinha que irá empanar. O bicarbonato, quando estiver cozinhando, vai liberar pequenas bolhas de gás, o que ajudará a reduzir a absorção de óleo durante a fritura.

Juntando este método e o das farinhas sem glúten, com certeza vai promover uma fritura mais saborosa e saudável para sua família.

5. Mantenha a temperatura estável
Uma grande falha no preparo de frituras é esquecer de controlar a temperatura do óleo. A temperatura ideal para o óleo de fritura é entre 170°C – 200°C.

Se o óleo não estiver quente o suficiente, sua comida não vai fritar tão rápido quanto deveria, e terá mais tempo para absorver óleo. Mas se você estiver muito quente, o óleo vai queimar e deixar o gosto da comida horrível, fora a questão de segurança.

Outra dica é usar sempre que possível uma fritadeira ao invés de uma panela convencional. As fritadeiras geralmente já possuem um termostato para manter a temperatura estável, sem queimar o óleo, aumentando sua vida útil.

Por último e não menos importante, deve-se sempre deixar o alimento escorrer o excesso de óleo após fritá-lo, pode ser sobre papel toalha como a maioria das pessoas fazem ou sobre uma grade vazada (método que as cozinhas profissionais utilizam), que vai deixar o alimento mais crocante e sequinho.

E aí, gostou das dicas de como fazer uma fritura mais saudável? Não deixe de colocar em prática essas dicas, e compartilhar com os amigos e familiares!