Cutícula: tirar ou não tirar? Descubra cinco boas razões para mantê-las e adiar a manicure

1490

A cutícula é uma barreira natural de proteção das unhas. O ideal é tentar não retirar as cutículas profundamente, nem cutucá-las, já que o hábito pode trazer prejuízos à matriz da unha, causando deformações e até problemas mais graves como inflamação por agentes contaminadores.

Motivos para não tirar a cutícula
1. Se você trabalha com produtos químicos sem proteção nas mãos, como fórmulas de limpeza, tintura, e cabelo, pense que há agentes nocivos presentes nesses agentes que fazem com que a pele fique mais ressecada e as cutículas com aspecto áspero. Nesses casos, é mais importante a hidratação do que a remoção das cutículas, pois ela cria uma película protetora.

2. Como sua função é basicamente a proteção da matriz das unhas, garantindo que não ocorra a entrada de fungos e bactérias que podem causar infecções, sem cutículas as mãos passam a ficar expostas o tempo todo a contaminações. Usar espátula para empurrar a cutícula também pode estragar a camada superior da unha, principalmente se você apertar demais a ferramenta contra o dedo.

3. Principalmente pessoas que ficam muito tempo com as mãos molhadas, nesse caso em específico, é aconselhado que não se retire a cutícula, pois infecções nas unhas que podem surgir, além de micose nos cantos da unhas. Se você não tem os cuidados necessários na hora de usar o alicate, pode acabar cortando mais pele do que deveria, causando machucado e favorecendo doenças e infecções.

4. Muitas mulheres não sabem, mas o alicate usado na retirada da cutícula pode transmitir uma série de doenças infecciosas, incluindo hepatite e HIV, e jamais deve ser compartilhado com outras pessoas. No entanto, muita gente vai ao salão de beleza sem se preocupar em levar seus próprios instrumentos.

5. Com as cutículas intactas, seus dedos não vão ficar mais desfiando “pelinhas” depois de fazer as unhas. Se alguma teimar em aparecer, basta cortar apenas a parte levantada e manter as mãos sempre bem hidratadas. É porque quanto mais você retira as cutículas, mais elas aparecem. Não é que crescem mais rápido, mas ficam mais aparentes. Quando intocada, a pele ao redor das unhas fica mais discreta e com cara de recém-feitas por mais tempo.