Em missa de ação de graças, Diocese de Erexim e Dom José se despedem mutuamente

587

O Santuário Nossa Senhora de Fátima ficou completamente lotado na noite deste primeiro domingo de setembro (1), mês da Bíblia, Dia de Oração pelo cuidado da Criação, na missa de ação de graças pelos 7 anos de ministério episcopal de Dom José Gislon na Diocese de Erexim, que assumirá a Diocese de Caxias do Sulno próximo domingo (8). Presidida por Dom José, concelebrada por 35 padres, com a participação de seis diáconos, agentes de pastoral, religiosas, colaboradores da Cúria Diocesana, Vice-Prefeito em exercício de Prefeito,vereadores e outras autoridades, muitas pessoas de diversas paróquias, o Coral Nossa Senhora de Fátima, a missa foi oportunidade de despedida mútua entre o Bispo e a Diocese de Erexim.

Em sua homilia, Dom José iniciou lembrando que a Eucaristia é ação de graças a Deus e que todos têm muitos motivos para manifestá-la. À luz do evangelho do dia que apresentava a participação de Jesus numa refeição na casa de um fariseu, na qual ele adverte de que não se deve buscar os primeiros lugares e, para um banquete, convidar os pobres, o Bispo acentuou que este procedimento cura a pessoa do racionalismo e do materialismo que impedem de ver as consequências das decisões tomadas. O valor eterno dos atos que praticamos no tempo não é medido pela capacidade da sua eficácia, mas pela humildade da simples relação de amor e do serviço, com a qual nos aproximamos e amamos o próximo concreto que temos diante de nós. Dom José testemunhou que com o coração agradecido sentia necessidade de dizer obrigado a Deus por Dom Girônimo, pelos padres, pelos religiosos e religiosas, pelos leigos e leigas, pelos padres que exerceram funções na Cúria Diocesana, pelos colaboradores da mesma, pelo ecônomo da Diocese, que há muitos anos presta seu serviço com competência e amor à Igreja, pelos diversos Meios de Comunicação, pelas autoridades constituídas nos 30 municípios da abrangência da Diocese de Erexim. Concluiu dizendo: Obrigado de coração a todos, pela presença na vida da Igreja e pela sua colaboração no meu ministério de Bispo e pastor desta Igreja Diocesana de Erexim durante estes sete anos em que aqui o exerci. Peço perdão a todos pelos erros que possa ter cometido. Desculpem, queridos Padres e povo de Deus, se não fui o pastor que vocês esperavam. Obrigado de coração a todos. Rezem por mim e pela minha nova missão. Rezarei sempre por vocês.

No final da celebração, Pe. Dirceu Balestrin expressou a gratidão dos padres a Dom José por sua solicitude com eles, especialmente nos seus momentos difíceis, por suas visitas aos familiares dos mesmos em situações especiais. Ressaltou que ele ajudou muito justamente por ser o como é, exigente, perspicaz, arrojado. Também apresentou-lhe pedido de desculpas se os padres não corresponderam ao que ele esperava deles. Desejou que São José e N. Sra. intercedam a Deus pela Diocese no período de vacância episcopal e que Dom José continue fecundo ministério na Diocese de Caxias do Sul.

Em nome dos leigos, manifestou-se o Sr. Lasie Antonio Biolo, da Comissão Técnica do projeto de revitalização do Santuário. Ressaltou a gratidão do povo a Dom José, que deixa marcas nos corações de todos, na vida pastoral e pessoal. Destacou sua capacidade de liderança e determinação, sabendo bem aonde quer chegar em seus empreendimentos. Desejou-lhe êxito em sua nova missão, que Deus o abençoe e abençoe a nossa Diocese.

Culminando a expressão de agradecimentos a Dom José, o Coral N. Sra. de Fátima entoou o canto intitulado uma “Bênção antiga”, que diz: tua vida, amigo, seja sempre para o melhor, que o sol aqueça teu viver, que a chuva caia leve no teu lar, e até nos encontrarmos outra vez, que Deus te segure nas suas mãos. Que o Senhor te abençoe, que o Senhor ilumine teu caminho e te dê a paz.

Quando todos imaginavam que Dom José concluiria a celebração com a bênção final, ele pediu antes a bênção dos padres para ele, ajoelhando-se nos degraus do altar. Pe. Cleocir Bonetti, em nome de dos padres conduziu a bênção solicitada, convidando a todos a estenderem a mão sobre o bispo. Abençoado o Bispo, solicitou que ele, então, abençoasse aos presentes e à Diocese.

Concluída a celebração, muitos de seus participantes dirigiram-se ao salão de eventos para o jantar de confraternização.