Governo do RS anuncia pagamento de servidores que recebem até R$ 1,2 mil

164

O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta quarta-feira (28) que irá pagar primeiro os salários para os servidores públicos e pensionistas vinculados ao Executivo com rendimento líquido de até R$ 1,2 mil. Os depósitos serão feitos na quinta-feira (29), e a previsão do Piratini é quitar a folha de março até o dia 17 de abril.

Receberão de forma integral 62.239 matrículas. O número representa apenas 18% do total de funcionários públicos do estado.

A parte líquida da folha de março fechou em R$ 1,216 bilhão, sem considerar os valores das consignações. O Executivo estadual tem, atualmente, 342 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.

Também será depositada a terceira parcela do 13º salário de 2017, além da indenização pelos dias de atraso dos vencimentos de fevereiro.

Para atender os compromissos, a Secretaria da Fazenda precisou de R$ 178 milhões.

Pelo sétimo mês consecutivo, o pagamento dos salários segue uma orientação do governador José Ivo Sartori, de pagar antes os que ganham menos. Antes, o pagamento era parcelado para todas as matrículas. O governo afirma que não paga os salários integrais devido à crise financeira que atinge o estado.

Conforme o governo, ainda nesta quarta-feira a Secretaria da Fazenda completou a folha do mês passado ao realizar o pagamento das consignações, em um total de R$ 172 milhões.

São valores que os servidores autorizaram a descontar dos seus vencimentos para instituições bancárias – empréstimo consignado e outros – ou entidades sindicais.

Pagamento de folha salarial de março
– Dia 29/03 – Até R$ 1,2 mil líquidos (62 mil matrículas) – R$ 60,7 milhões
– Dia 29/03 – 3ª parcela do 13º salário de 2017 – R$ 118,3 milhões
– Dia 29/03 – Indenização pelo atraso / folha de fevereiro – R$ 1,1 milhão