Horário de verão reduz em 4% a demanda de energia no RS

635

O horário de verão termina neste fim de semana com uma redução de 4,3% na demanda noturna de energia elétrica no Rio Grande do Sul. De acordo a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), em 126 dias foi registrada uma economia de 0,6% no consumo de luz no Estado. Se comparado, o número equivale ao consumo de energia de uma cidade com 40 mil habitantes.

À meia-noite de sábado (20) para domingo (21), os relógios deverão ser atrasados em uma hora, voltando novamente para as 23h. A medida vale para os Estados do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

O principal objetivo do horário de verão é aproveitar melhor a luz solar durante o período, principalmente à noite, além de estimular o uso consciente da energia elétrica. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, a expectativa é que o período gere uma economia de R$ 7 bilhões.