Jovens de Aratiba prestam juramento à Bandeira e recebem CDI

1775

Na manhã desta quinta-feira (20), 55 jovens da classe 1997, de Aratiba, participaram de ato solene de Juramento à Bandeira Nacional e receberam o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI), em evento realizado no auditório da Escola Municipal Aratiba.

Durante o juramento, se comprometeram em defender a nação brasileira em qualquer eventualidade que possam vir a ser convocados. Os dispensados continuam com sua obrigação militar até completarem 45 anos.

O ato foi presidido pelo Capitão Carlos Rodrigues da Silva, Delegado da 17ª Delegacia do Serviço Militar, de Erechim, que falou sobre o significado do ato solene e destacou a importância do momento aos jovens aratibenses.

O evento contou com a presença do prefeito Luiz Ângelo Poletto, que é presidente da Junta de Serviço Militar de Aratiba; presidente da Câmara de Vereadores, Lécio Antônio Grando; comandante do Batalhão de Polícia Militar de Aratiba, Tenente Marcos Cesar Deggerone; secretário municipal da Administração, Vander Luis Morgan; reservistas da classe 1932, Orlando Muller e Elias de Marco; e o secretário da Junta de Serviço Militar de Aratiba, Rogério dos Santos.

Após o juramento, o prefeito Luiz Ângelo Poletto falou sobre a importância da participação de todos na vida do País, independente de terem ou não prestado serviço militar.

O serviço militar consiste no exercício de atividades específicas desempenhadas nas Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica – e compreende, na mobilização, todos os encargos com a defesa nacional.

A obrigação inicia-se no ano em que o cidadão completa 18 anos de idade. Mesmo com o Certificado de Dispensa de Incorporação – CDI, o alistado ainda fica comprometido caso haja algum chamado de emergência, conforme disposto em lei.