Morre padre italiano que cedeu respirador a paciente mais jovem

690

O padre italiano Giuseppe Berardelli, de 72 anos, morreu em Bergamo, no norte da Itália, nesta terça-feira (24), depois de recusar ser colocado em um respirador que seus paroquianos haviam comprado para ele –Berardelli resolveu que um paciente mais novo deveria usar o equipamento.

Apesar de ter falecido em Bergamo, ele era o padre de uma igreja de outra cidade, Casnigo.

Ele foi enterrado sem velório. Os moradores de Casnigo aplaudiram de suas janelas ao saber da morte.

Ao menos 50 padres morreram de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, na Itália.

O Papa Francisco liderou uma oração pelos médicos e padres que morreram por causa da doença. O papa os agradeceu “pelo seu exemplo heroico ao servir aqueles que estão doentes”.

O país é o mais atingido pela pandemia –são mais de 6.000 mortos até esta terça—feira (24).

A Europa é considerada agora o epicentro da crise.