Mulheres com baixos níveis de vitamina D têm mais dores no parto, diz estudo

141

Se você sonha em ser mãe ou vai ter um bebê pela primeira vez, já deve ter pensado sobre a dor do parto. E parte do alívio dessa sensação pode estar ligada aos níveis de vitamina D no sangue da mãe, segundo uma pesquisa apresentada na reunião anual da Sociedade Americana de Anestesiologia.

De acordo com o “Daily Mail”, os cientistas analisaram 93 mulheres e mediram o nível da substância presente em seu sangue pouco depois do nascimento de seus bebês.

Todas as voluntárias haviam solicitado anestésicos para controlar a dor ao dar à luz e, por conta disso, os estudiosos conseguiram avaliar a quantidade de medicação que cada uma delas necessitou.

Ao comparar os resultados, eles perceberam que mulheres com níveis mais baixos de vitamina D precisaram de mais medicamento do que as com níveis mais altos. “Dados os resultados de investigação, a prevenção e o tratamento de níveis baixos de vitamina D em grávidas pode ter um impacto significativo na redução da dor do parto em milhões de mulheres a cada ano”, disse o Dr. Andrew Geller, anestesista do hospital Cedars-Sinai Medical Center, em Los Angeles, e autor sênior do estudo.