Musculação ou treino funcional? Saiba as diferenças entre as atividades

1868
Beautiful, young woman lifting weights in a gym standing next to a mirror

Muita gente vive na dúvida se investe na musculação ou já parte para um treino funcional. A questão é que as duas atividades têm suas diferenças e cada uma delas tem seus prós e contras.

O treinamento funcional para muitos é mais motivante, já que oferece diversos estímulos de força, resistência muscular, resistência cardiorrespiratória e trabalha o corpo como um todo. Mas as pessoas também precisam trabalhar algum músculo específico isolado e a musculação faz isso de forma mais eficiente.

Ambas têm um gasto calórico significante, com destaque para o treinamento funcional, devido à sua variedade constante de intensidade e tipos de exercícios.

A vantagem do treinamento funcional é que ele pode ser feito por quem pretende emagrecer, melhorar força muscular, flexibilidade e aptidão cardiorrespiratória. Não existe um nível de treino para isso, pois o método pode ser adequado para um sedentário ou até mesmo para um praticante mais avançado.

No caso da musculação, a maioria dos exercícios é feita em equipamentos fixos, sem precisar de tanta consciência corporal. Os movimentos não são parecidos com os praticados nas atividades e o treino é mais monótono devido à repetição.

Ou seja, o treino funcional sai na frente devido à variação constante de exercícios de alta intensidade e curtos descansos. Mas vale lembrar que o resultado depende do empenho de cada pessoa, tanto na questão da alimentação e quanto na periodicidade que pratica as atividades.