O hábito de tomar o chimarrão – o chá da erva-mate

1505

A erva-mate é uma planta medicinal podendo ser utilizada como remédio caseiro para o colesterol devido às propriedades que possui, além de outros benefícios.

O tradicional chá mate é considerado um dos alimentos mais completos por possuir uma grande quantidade de nutrientes essenciais ao nosso corpo, como alguns alcaloides (cafeína, teofilina, Metilxantinas e teobromina), vitaminas (principalmente do Complexo B), sais minerais (alumínio, cálcio, fósforo, ferro, magnésio, manganês e potássio), proteínas, açúcares, lipídios, celulose, dentre outros compostos. Pesquisas apontam que os benefícios são muitos, então quem curte um “chima” ou um tererê, confira seus benefícios:

1 – Ajuda na queima de calorias
Com propriedades digestivas, o mate pode auxiliar em dietas e atividades físicas. Além de dar aquela disposição para exercícios devido a cafeína, eliminando assim a fadiga, graças a outros alcaloides em sua composição (como as Metilxantinas), estimulam a queima de gordura. A principal vantagem em relação a outros estimulantes, como, por exemplo, o café, é que o mate não tem o mesmo efeito colateral de irritabilidade e insônia. No entanto, deve ser evitado por hipertensos, pessoas com problemas de ansiedade grave e por pessoas com anemia, já que possui substâncias estimulantes e que absorvem o ferro.

2 – Controla o nível de colesterol e a taxa de glicose no sangue
Estudos apontam que a erva-mate é um grande aliado no controle do colesterol e diabetes. Inclusive, o consumo de chimarrão, associado ao remédio para colesterol alto, pode chegar a triplicar a eficiência do tratamento. A diminuição do colesterol se deve principalmente a duas substâncias encontradas no mate: as saponinas (que, dentre seus principais efeitos, está a ação anti-inflamatória) e compostos fenólicos (com forte ação antioxidante). Essas substâncias são responsáveis por bloquear a absorção de colesterol no intestino delgado e inibir a produção de gorduras no fígado. Os compostos fenólicos também são ótimos aliados para pessoas com diabetes, interferindo na síntese e absorção de açúcares.

3 – A erva-mate tem ação diurética
Além das propriedades laxativas, as Metilxantinas (cafeína e teobromina) possuem efeito diurético, o que faz com que mais água seja eliminada mais rapidamente do corpo. Por isso, o chimarrão não pode substituir a hidratação com água. Tomado quente, o chimarrão auxilia ainda mais como diurético.

4 – O mate é benéfico para o sistema cardiorrespiratório e nervoso
Por ser um tônico estimulante do coração e do sistema nervoso, o mate pode proporcionar benefícios para estados depressivos. Também auxilia na resistência muscular (e consequentemente evitando fadiga), regula e regenera algumas funções da respiração, além de ajudar na parte cognitiva, dentre outros efeitos.

5 – Atenção aos vaidosos: a erva mate previne o envelhecimento
Por possuírem antioxidantes (como os compostos fenólicos), combatem o envelhecimento celular, tendo assim um papel importante na regeneração das células. Dessa forma, apesar de não ser uma “fonte da juventude”, o mate ajuda a prevenir o envelhecimento precoce. Ele também ajuda a prevenir uma das doenças mais comuns na terceira idade: a osteoporose.