Os benefícios da alimentação viva!

1408

Você já ouviu falar na alimentação viva ou crudivorismo? Trata-se de um estilo de vida que encara a alimentação, a vida e a natureza da forma como ela é, nua e crua! É uma alimentação que preza por alimentos crus como frutas, verduras, sementes, oleaginosas, óleos essenciais, frutas secas e sementes germinadas, de preferência orgânicos. Nada de alimentos processados e refinados, também não é permitido nenhum tipo de carne (para os mais radicais), laticínios, pães ou massas.

Os adeptos dessa filosofia de vida acreditam que, quando o alimento é submetido a altas temperaturas, ele acaba perdendo alguns nutrientes importantes e fitoquímicos, que são fundamentais para a saúde. A alimentação viva tem como fundamento regular o corpo, restabelecer as funções fisiológicas e equilibrar o terreno biológico, principalmente no que diz respeito à saúde do sistema imunológico e nervoso.

1. Vitaminas e fitonutrientes
A alimentação viva ajuda a prevenir doenças crônicas e melhora a função celular.

2. Rica em clorofila
Substância presente em todas as plantas de coloração verde. Tem a capacidade de melhorar a circulação sanguínea, melhorar a oxigenação celular e é riquíssima em magnésio, que atua no processo de equilíbrio da acidez no corpo.

3. Enzimas
Ter uma alimentação rica em enzimas vegetais faz o corpo funcionar melhor, proporciona aumento de energia e auxilia na digestão.

4. Água
É capaz de hidratar muito mais o nosso sistema, justamente por ser rica em frutas e vegetais. A água contida nos alimentos crus possui ligações químicas diferentes dos alimentos cozidos e, portanto, tem melhor absorção celular.

5. Gorduras boas
A alimentação viva traz ao corpo os melhores óleos da natureza, necessários para o funcionamento celular, melhorando funções neurológicas, prevenindo doenças inflamatórias. Não usamos gorduras saturadas, somente óleo de coco, óleo de abacate, azeite de oliva, sementes de chia, linhaça, nozes e macadâmias. Todos esses óleos, com exceção do de coco, são sensíveis ao cozimento. Por esse motivo, sempre devem ser consumidos crus.

6. Equilíbrio ácido básico
A alimentação viva tem como princípio alcalinizar o organismo, gerando a condição ideal para o sangue e, consequentemente, para o funcionamento celular.

7. Frutas
Ricas em vitaminas, fitonutrientes, minerais e fibras, as frutas são responsáveis por auxiliar na prevenção de diversas doenças e na manutenção da saúde.

A alimentação 100% viva é realmente um grande desafio e requer uma mudança de hábito extremamente radical para quem não está acostumando. Porém, é importante levar em consideração as vantagens da ingestão de alimentos crus em nosso dia-a-dia. Os benefícios são reais e, por menor que seja a mudança em seu hábito alimentar, isso pode ter um grande impacto em sua saúde!