Pequenas lesões em crianças: o que fazer?

1256

Brincar faz parte da infância. E se machucar também. Que criança nunca caiu da bicicleta, do skate ou mesmo durante uma brincadeira? Escoriações, “ralados”, feridas e machucados são o resultado comum desses acidentes de menor gravidade. São lesões que tem como causa o atrito com o chão ou outro objeto.

“Essas lesões são bastante comuns em crianças. Em geral, são ferimentos superficiais que, embora apresentem pouco sangramento, causam muita dor. Isso porque, com a perda da epiderme, as terminações nervosas ficam expostas”, explica o enfermeiro Antônio Rangel.

Pais e responsáveis devem ficar atento e prestar o primeiro atendimento, para aliviar e dor e tratar os machucados. Realizar a higiene do local é o primeiro passo. “A pessoa deve, antes, lavar bem sua mão com água e sabão neutro e, então, lavar realizar a limpeza e assepsia do machucado, também utilizando água limpa e sabão.”

Como o ferimento costuma causar dor, as crianças costumam reclamar e chorar para fazer a limpeza. Mas os pais devem ser firmes porque “isso ajuda a diminuir consideravelmente o risco de infecção, que pode ocorrer devido ao grande número de corpos estranhos presentes neste tipo de ferimento”, explica Rangel.

Após a limpeza do ferimento, é necessário que ele seja coberto por um curativo, que ajuda a evitar o ressecamento e diminuir o risco de infecção.