Pinhalzinho e Chapecó em emergência devido os pacientes com dengue

1137

Depois de Chapecó, mais uma cidade do Oeste catarinense decretou situação de emergência por causa da dengue. Pinhalzinho já tem mais de 400 casos confirmados da doença contraídos no próprio município, conforme a Secretaria de Saúde da cidade. Os números configuram epidemia, já que a cidade tem apenas 18 mil habitantes.

A procura por atendimento nos postos de saúde com pacientes com os sintomas da dengue segue grande em Pinhalzinho. Por isso, houve uma mudança na forma de atendimento. Agora não é mais por agendamento e, sim por livre demanda.

“A demanda se dá não só pelos casos novos, mas pela questão do monitoramento que tem que se fazer de cada caso. Então, a pessoa que é notificada com dengue não faz uma única visita ao posto de saúde. Ela precisa ir duas, três, quatro vezes, de acordo com a sua classificação”, explicou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Pinhalzinho, Ivanete Althaus. G1/SC