Previsão indica temperaturas acima da média e chuva irregular no RS durante o verão

181

O verão começa nesta quinta-feira (21) no Hemisfério Sul, exatamente às 14h28, e vai até o dia 20 de março. A previsão indica que as temperaturas ficarão acima da média do que costuma ser registrado no verão no Rio Grande do Sul, ainda que dias mais frios podem ser registrados em alguns momentos. O acumulado de chuva deve ficar dentro da média, porém com distribuição irregular.

A previsão é da Somar Meteorologia, que reforça que o fenômeno La Niña continuará atuando no verão. Ele se caracteriza pelo esfriamento anormal nas águas superficiais do oceano Pacífico, afetando assim a frequência de chuva em regiões tropicais.

Mas a Somar acrescenta que o fenômeno não será dos mais fortes, e que os impactos no Sul estarão relacionados também à temperatura na água do Atlântico. Quanto mais quente na Costa do Sul, maior pontencial para as frentes frias que passam, por exemplo.

Assim como na primavera, quando a região alternou períodos estiagem e chuva em excesso, a situação também será registrada no verão.

Como foi a primavera
Na primavera, analisa a Somar, a chuva foi bastante irregular em função do La Niña. De modo geral, o volume ficou abaixo do normal para a estação na Fronteira Oeste e no Extremo Norte gaúcho. Já a maior parte do estado, incluindo Porto Alegre, teve chuva acima da média.

O mês mais chuvoso foi outubro. Em novembro, houve bastante alternância, e em dezembro a estiagem tomou conta de várias regiões, ainda segundo a Somar. As frentes frias foram frequentes, mas passaram rapidamente e geraram acumulados baixos e distribuídos de forma irregular no mês.

Com relação às temperaturas, os valores de mínima ficaram acima do normal na Campanha, Vale dos Sinos e Região Metropolitana, e abaixo do normal na Serra. Já as máximas da tarde ficaram mais baixas na Campanha e Norte, e acima do normal no Vale dos Sinos e Região Metropolitana de Porto Alegre. Outras áreas tiveram temperaturas dentro do normal.

Em novembro, pelo menos nove cidades registraram recorde de calor.