Representantes de Aratiba partipam de fórum sobre políticas públicas para pessoas com deficiência e com altas habilidades

141

O Salão de Atos da Universidade Regional Integrada (URI) – Campus de Erechim foi palco, na manhã desta terça-feira (17), do “Fórum Permanente da Política Pública Estadual para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades”, que contou com a participação de representantes de 26 municípios da região Alto Uruguai, inclusive Aratiba.

Na abertura dos trabalhos, houve a apresentação do painel “Diagnóstico Regional da Acessibilidade e Inclusão”, por Roque Bakof, presidente da FADERS, que ressaltou a importância da maioria dos municípios do Alto Uruguai marcar presença. Segundo ele, “juntos construiremos o mundo onde queremos viver.”

Ocorreu também a apresentação de um mapeamento de cada município, onde se teve a oportunidade de relatar como estão organizadas as políticas públicas de atendimento e inclusão em cada cidade.

Na parte da tarde, em complemento às atividades teóricas, aconteceram cinco oficinas temáticas: “Políticas Públicas Para Altas Habilidades”, “Trabalho e Empreendedorismo”, “Acessibilidade Arquitetônica”, “Atividade Física Inclusiva e Para Desporto ‘da Teoria à Prática'” e “PIN”.

Aratiba esteve representada por um grande grupo de professores e diretores de entidades ligadas diretamente ao trabalho de inclusão e educação de pessoas com alguma deficiência: APAE, ADAR, Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Educação e Desporto, Secretaria Municipal da saúde e Escola Estadual.

Segundo os participantes, “foi um dia de muito aprendizado, onde se pode perceber a necessidade da comunidade no geral expandir a sua consciência. A inclusão não é um favor e, sim, um direito de todos. Podemos juntos construir um mundo melhor, onde as pessoas se permitam ultrapassar as barreiras construídas durante toda uma vida”.

“Inclusão não é favor! É valor de convivência social!”