Secretário de Segurança se encontra com lideranças do Alto Uruguai

748

O secretário estadual da Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Wantuir Jacini, manteve encontro em Erechim na tarde desta quinta-feira (07) com prefeitos, lideranças políticas e autoridades ligadas a área da segurança. A contratação de médico legista, a instalação em Erechim de um posto da Perícia Criminalística, o aumento do efetivo da Polícia Militar e a saída do Presídio Regional do centro da cidade foram os temas dominantes do encontro.

A reunião estava programada para acontecer sem a imprensa. Depois do encontro com as lideranças, o secretário se reuniu a portas fechadas com o comando regional da Brigada Militar, da Polícia Civil, Presídio Estadual, Bombeiros, Polícia Rodoviária e segurança pública do município de Erechim.

O secretário Wantuir Jacini deixou algumas definições no encontro sobre melhorias na área de segurança para o Alto Uruguai:

IGP
Médico Legista – No próximo dia 14, o secretário vai saber oficialmente se pode ou não contratar 21 médicos legistas, em caráter emergencial, para atuarem no IGP, um deles para Erechim. Se o estudo encomendo pelo secretário apontar que é legal a contratação nesse regime, vai ser lançado um edital imediatamente e em torno de 60 dias depois a situação pode estar resolvida.

Perito Criminalista – O prefeito Paulo Pólis e a vice Ana Oliveira disponibilizaram espaço físico para que o IGP instale um posto da Perícia Criminalística em Erechim. o secretário confirmou que, tão logo ocorra concurso público para contratação de desses profissionais, Erechim e o Alto Uruguai passarão a não mais depender de Passo Fundo.

Esse setor do IGP está funcionando e vai ser mantido em Erechim e o aumento do efetivo na repartição também depende de concurso que ainda não tem data definida.

O secretário de segurança afirmou que a Secretaria da Fazenda só poderá saber se terá ou não e quanto poderá disponibilizar este ano para contratar PMs. O secretário disse que a região do Alto Uruguai é a principal porta de entra para o Rio Grande do Sul e que a segurança precisa de atenção a especial.

Presídio Estadual
O Presídio de Erechim pode ser removido para uma área mais distante do centro da cidade. Não há no momento nenhum projeto do Governo do Estado neste sentido mas se a iniciativa privada concordar em permutar a construção de um novo em troca do terreno do atual, “podemos conversar”, disse Wantuir Jacini.