Servidores do Estado do Rio Grande do Sul prometem paralisação na segunda-feira

1153

Dirigentes de mais de 40 entidades que representam servidores públicos do Rio Grande do Sul decidiram pela paralisação dos serviços na próxima segunda-feira. O descontentamento se dá, principalmente, pelo possível parcelamento de salários — de acordo com Sérgio Arnoud, presidente da Federação Sindical dos Servidores Públicos (Fessergs), há informações de que algumas repartições já receberam a ordem do governo José Ivo Sartori de parcelamento da folha de julho. Oficialmente, o Palácio Piratini não confirma o atraso.