Severiano de Almeida comemora 54 anos de história

189

Nova Itália do Alto Uruguai está em festa para celebrar mais um aniversário de emancipação.

Lá no distante 1964, foi instalado oficialmente o município de Severiano de Almeida. Por isso, neste dia 12 de abril, o município está celebrando seu 54º ano de emancipação político administrativa. Um marco na história de uma das cidades mais pujantes da região Alto Uruguai.

Mas a história de Severiano de Almeida remonta a 1912, quando a atual área do município ainda pertencia a Passo Fundo, a Companhia de Colonização Luce e Rosa adquiriu essa área do Governo Federal para revenda aos colonos.

Em 1917 formou-se a comunidade com a chegada de algumas famílias vindas de Garibaldi, Bento Gonçalves e Caxias do Sul, com intuito de explorar a extração da madeira nativa a ser transportada pelo Rio Uruguai. Mais tarde a povoação tornou-se Vila, sob o nome de Nova Itália como sede do Distrito de Erechim.

O município já foi chamado de “Nova Itália”, que conforme assegura a tradição oral, está intimamente relacionada a um grupo de nove colonos que no final de 1916 veio junto ver as terras da “Luce-Rosa”, as quais já estavam devidamente demarcadas, razão pela qual José Pedron, um dos integrantes do grupo, teria, junto ao Acampamento da Cia, afirmado: “Semmo tutti taliani,. Ghe metemo nome “Nova Itália” (Somos todos italianos, coloquemos o nome de Nova Itália o que recebeu a aprovação de todos).

Por ordem do Governo Federal, foram alterados os nomes de vários distritos, entre eles Nova Itália, que passou a chamar-se Severiano de Almeida, em homenagem da Câmara Municipal de Vereadores ao saudoso engenheiro, chefe da Comissão de terras para demarcação da Colônia Erechim.

O distrito de Severiano de Almeida teve recobrado seu antigo nome “Nova Itália”, a 17 de dezembro de 1956, pela lei municipal nº 596. Porém, com a emancipação, voltou definitivamente a chamar-se de Severiano de Almeida.