Sobe para três o número de casos de sarampo na região

156

Sobe para três o número de casos de sarampo no Alto Uruguai. A confirmação é do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS). Três jovens, um de Carlos Gomes e outros dois de Trindade do Sul, teriam contraído a doença em Concórdia, Santa Catarina.

O primeiro caso foi confirmado no último dia 10 de janeiro. Um rapaz de 18 anos, morador de Carlos Gomes teria ficado doente depois de fazer vestibular na cidade catarinense. As outras duas confirmações desta semana também se referem a dois jovens, um de 17 e outro de 18 anos, que teriam ido a Concórdia. Com essas confirmações, o Rio Grande do Sul alcança 76 casos de 2019 até agora. É preciso ficar atento, porque o sarampo é altamente contagioso.

A CEVS destacou que, apesar, dos casos aqui da região serem importados não há muita relevância no momento já que o vírus também está circulando no Estado. A Secretaria Estadual de Saúde informa que o sarampo pode ser contraído facilmente em qualquer época do ano. Assim, o sinal de alerta permanece no Rio Grande do Sul, também devido ao alto número de casos no Brasil.

Em função da gravidade da situação, a Secretaria da Saúde reforça a necessidade de notificação dos casos suspeitos para a tomada de medidas de controle, e também da importância da vacinação da população.

Sintomas

Os principais sintomas são: febre alta (38,5°C), exantema, cansaço, falta de apetite e sintomas respiratórios, principalmente tosse. No quadro clínico clássico há coriza (secreção nasal), conjuntivite e fotofobia (sensibilidade à luz). Casos complicados podem apresentar otites, laringites, diarreias, pneumonia e encefalites.