Vacinação contra a febre aftosa é prorrogada até o próximo dia 15

110

Prevista para encerrar nesta quinta-feira, a atual etapa de vacinação contra a febre aftosa foi prorrogada até 15 de junho, de acordo com o diretor do Departamento de Defesa Agropecuária da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi), Antônio Carlos Ferreira Neto.

A prorrogação foi solicitada por entidades ligadas à pecuária de corte e de leite do Estado à secretariae autorizada pelo Ministério da Agricultura, devido à greve dos caminhoneiros. A medida vale para todo o País.

O produtor que ainda não vacinou seu rebanho deve procurar as casas agropecuárias para adquirir as doses necessárias, fazer a aplicação e, posteriormente, comprovar a imunização perante a inspetoria veterinária de seu município.

Junto com a aplicação da vacina, o produtor deve fazer a “declaração anual de rebanho”, cujo prazo de entrega também foi prorrogado por 15 dias. Ferreira Neto alerta que o não cumprimento destas exigências poderá acarretar penalizações.