Vacinação contra a gripe é antecipada em quinze dias neste ano

112

A campanha nacional de vacinação contra a gripe, promovida pelo Ministério da Saúde, será lançada aproximadamente quinze dias de antecedência em relação aos anos anteriores. Em sua 21ª edição, a ação será realizada no período de 10 de abril a 31 de maio de 2019. No estado do Amazonas, já se registraram 28 mortes pela Influenza H1N1 nestes primeiros três meses –  no ano passado inteiro apenas um óbito pela influenza foi notificado. Por esse motivo, naquele estado, a vacinação iniciou ainda mais cedo, na última quarta-feira (20).

Conforme o Ministério da Saúde, na primeira etapa nacional, a partir do dia 10 de abril, serão priorizadas as crianças de um a seis anos de idade, gestantes e puérperas, consideradas mais vulneráveis desse. A partir do dia 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá se vacinar.

Compõem o grupo prioritário alvo da campanha:

– Indivíduos com 60 anos ou mais;

– Trabalhadores da área da Saúde;

– Professores de Escolas públicas e privadas;

– Povos indígenas;

– Portadores de doenças crônicas não transmissíveis;

– Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas

– Pessoas privadas de liberdade

– Funcionários do sistema prisional

– Crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias);

– Gestantes;

– Puérperas (até 45 dias após o parto);

Ainda conforme o Ministério da Saúde, a meta nesta campanha é vacinar 90% do público alvo. Os grupos prioritários são definidos de acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde.

O “Dia D” de vacinação está marcado para 04 de maio, quando então as Unidades Básicas de Saúde em todo país atenderão das 08h as 17h.