Temporal e ciclone provocam danos estruturais em zona rural, mas não prejuízos significativos para culturas e criações

631

A Emater/RS-Ascar, em parceria com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), realizou um breve levantamento, na tarde desta quarta-feira (1º), dos efeitos do temporal e ciclone que atingiram o Estado no final de junho. De acordo com as informações disponibilizadas até o momento, de modo geral, no meio rural não ocorreram prejuízos significativos para as culturas e criações do Estado.

Os prejuízos, de forma bem localizada, foram contabilizados em estruturas afetadas, como galpões, estufas e silos, além de destelhamento de casas. Também ocorreu interrupção do fornecimento de energia elétrica, a qual está sendo restabelecida no dia de hoje. O caso de interrupção muito prolongada poderá causar algum prejuízo na produção leiteira.

Houve relatos de prejuízos no reflorestamento na região de Erechim, na cultura do alho na região de Caxias do Sul e nas olerícolas e bananais do Litoral Norte.