APAE Aratiba recebe recursos da parceria firmada entre a FEAPAES, Tri Legal e Tri Legal Tchê

244

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE de Aratiba, fundada em 16 de Dezembro de 2002, com sede em Linha Auxiliadora, s/n°, Interior de Aratiba, estado do Rio Grande do Sul, é uma associação civil, beneficente, sem fins lucrativos. Oferece atualmente atendimentos nas áreas de assistência social, saúde e educação, de forma continuada e gratuita a 21 usuários com deficiências intelectuais e múltiplas.

A Federação das APAES do Estado do Rio Grande do Sul – FEAPAES RS, reconhecendo os problemas financeiros de suas associadas, firmou parceria com a empresa de capitalização APLICAP. A parceria de operacionalização tem objetivo de vender produtos, que são títulos de capitalização- denominados Tri Legal e Tri Legal Tchê, que busca arrecadar recursos para investir na manutenção e custeio de projetos de natureza assistencial realizados pelas APAES do estado do Rio Grande do Sul.

Desta forma, a APAE Aratiba em 2017 inscreveu o projeto P.A.A. 365/2017 denominado “A Construção de um Sonho” destinado à construção de pavilhão pré-fabricado em concreto armado onde só existia uma base de concreto (anexo imagem). Contemplada, recebeu em setembro daquele ano da Federação Nacional das APAES e APLUB CAP a importância de R$ 22.000,00. Em 2018, em nova fase do projeto, contemplada com R$ 25.000,00 concretizou a ampliação da cobertura e parte do fechamento das laterais com placa de concreto. Contudo, o sonho não parou por aí. Em dezembro de 2019, novamente teve projeto selecionado com repasse de R$ 14.000,00. Na oportunidade, para dar continuidade,e destinou o valor para construção de cômodos no Pavilhão. Foram construídos 02 banheiros com acessibilidade, cozinha e depósito (almoxarifado). Para desenvolvimento dessa etapa, além do repasse proveniente da parceria, ocorreu a contrapartida da APAE Aratiba com R$ 13.600,00 de recursos próprios.

A execução do referido projeto deu-se no período de recesso das atividades (férias), visto que a implantação do mesmo ocorrerá após a normalização dos atendimentos em função do Coronavírus. Entretanto, nota-se o relevante impacto positivo trazido à entidade, uma vez que o pavilhão/ quadra poliesportiva é utilizado diariamente para prática de atividades, considerando que, a maioria dos atendidos, possui dificuldades de locomoção e/ou são indivíduos que fazem uso de cadeira de rodas, sendo que até o momento quando da necessidade de utilização do sanitário, é preciso deslocar-se até a sede da entidade. Da mesma maneira, teremos um almoxarifado, pois não havia espaço disponível para armazenar os materiais. Já a cozinha, terá sua maior utilização em dias de integração com a comunidade ou outros grupos, quando do preparo de refeições e/ou lanches. Com essa melhoria no pavilhão, estaremos oferecendo um espaço de qualidade externo ao prédio da sede da entidade para a realização de atividades físicas, esportivas, recreativas e culturais, proporcionando aos usuários um espaço amplo com infraestrutura física adequada e compatível com as necessidades, contribuindo para a qualidade de vida.