APAE Itá realiza visita à Usina Hidrelétrica em comemoração à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência

418

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência acontece de 21 a 28 de agosto em todo Brasil e consequentemente abre debates e leva a comunidade a reflexão. Pensando em tornar esta data um pouco diferente, os responsáveis da APAE de Itá levaram um grupo de alunos com necessidades especiais até o Centro de divulgação ambiental (CDA) e posteriormente à Usina Hidrelétrica Itá para uma visita.

Em um primeiro momento, o grupo foi recebido pela equipe do CDA, onde puderam conhecer as instalações e assistir alguns vídeos sobre a criação e funcionamento da Usina. Em seguida, os alunos foram encaminhados até lá, onde tiveram a oportunidade de caminhar na parte externa e conhecer a Tomada D’água, Casa de Força e Vertedouros.

O Gerente do Consórcio Itá, Reginaldo de Oliveira, se sente imensamente honrado em poder fazer parte desta data. “Uma visita especial para alunos especiais é com certeza um momento muito alegre para nós, estaremos sempre de portas abertas”, afirmou.

A diretora da APAE, Rosana Canal, destacou a importância deste momento para os alunos. Para ela é essencial que haja esta integração, pois além de conhecer a Usina eles estão conhecendo a realidade do Município de Itá. “Esta visita agregou muito para os nossos alunos, principalmente em relação as questões ambientais”, afirmou Rosana. Questionada sobre os comentários dos alunos em relação à visita Rosana fez uma colocação um pouco diferenciada. “Os alunos ficaram maravilhados com a grandiosidade do empreendimento, mas também ficaram surpresos com a quantidade de lixo no reservatório”, enfatizou a diretora.

A equipe da Usina Hidrelétrica Itá e Consórcio Itá garantem que este problema infelizmente chega até o reservatório da Usina através dos afluentes, ou seja, todos os materiais e resíduos que as pessoas descartam nos rios são trazidos até o local pela força da água. É importante salientar a comunidade que danos como este no reservatório são de total influência do homem. A equipe responsável pela Usina tem tomado providências ano pós ano para amenizar o problema, bem como os mutirões de limpeza.

O Gerente do Consórcio Itá garante que o problema infelizmente se tornou comum, por isso é essencial que haja conscientização por parte das pessoas. “Estes dejetos só chegam até o reservatório porque alguém jogou sujeira no solo e nos rios, gostaríamos muito que isso fosse evitado, mas sozinhos não conseguimos manter o local 100% limpo, precisamos da ajuda da comunidade”. Preocupado com esta questão Reginaldo garante ainda que em breve será realizada uma limpeza para a retirada de Macrófitas, onde consequentemente o impacto visual em relação ao lixo será amenizado.