Barra do Rio Azul decreta Situação de Emergência por causa da estiagem

225

Em reunião, realizada nesta sexta-feira (17) e que contou com a presença do prefeito, Marcelo Arruda, vice e prefeito em exercício, Maximino Basso, Emater/RS-Ascar, Secretaria da Agricultura e Defesa Civil Municipal, foi decretada Situação de Emergência no Município de Barra do Rio Azul por causa da estiagem que afeta principalmente a agricultura. A decisão foi tomada após avaliação dos danos causados pelo prolongado período sem chuvas, afetando diretamente as famílias rurais e a produção agrícola em diferentes segmentos.

Conforme a apresentação dos dados, houve uma redução de 20% na cultura de milho, 18% na cultura de soja, 20% na citricultura, 20% na produção de leite e 50% no ganho de peso do gado de corte. De acordo com os relatórios os prejuízos estão estimados em R$ 4.394.506,00. Os setores mais prejudicados são a produção de leite, soja e milho. Com relação a bovinocultura de leite, a escassez de pasto e a falta de água colaboram para a diminuição da produção. Mesmo com a chuva que ocorreu nos últimos dias, os prejuízos já estão concretizados. Ainda estimasse que sejam necessários mais de 200mm de chuva para normalizar os reservatórios de água.

Para amenizar as conseqüências da estiagem, a Prefeitura de Barra do Rio Azul disponibilizou todo aparato necessário para minimizar os efeitos do desastre, bem como assistência e socorro aos afetados.