Papa aceita pedido de renúncia e nomeia novo bispo para a diocese de Caxias do Sul

190

O Papa Francisco acolheu, nesta quarta-feira (26), o pedido de renúncia apresentado por dom Alessandro Ruffinoni ao governo pastoral da diocese de Caxias do Sul e nomeou como novo bispo dom José Gislon, até o momento à frente da diocese de Erexim.

Dom José Gislon
Catarinense de Dona Emma, dom José Gislon nasceu em 23 de fevereiro de 1957. Frade capuchinho, foi nomeado bispo de Erexim pelo Papa Bento XVI, em 6 de junho de 2012. Sua ordenação foi em Curitiba (PR), em 3 de agosto daquele ano. A posse, no dia 19 de agosto, na catedral São José, em Erechim (RS). Seu lema episcopal é “In caritate diligere et servire” (Amar e servir na caridade).

Novo bispo emérito
Dom Alessandro Ruffinoni soma 13 anos de episcopado, tendo sido auxiliar de Porto Alegre, de 2006 a 2010, e desde então, bispo coadjutor (2010 a 2011) e bispo titular de Caxias do Sul, de 2011 até o momento da acolhida da renúncia. Italiano de Bergamo, dom Alessandro é missionário Scalabriniano.

Desde 2007, dom Alessandro é referencial da Pastoral dos Brasileiros no Exterior. No Regional Sul 3 da CNBB, foi responsável, entre 2007 e 2011, pelas Pastorais Sociais e referencial da Pastoral dos Migrantes.

Dom Alessandro Ruffinoni completou 75 anos em agosto do ano passado. Esta é a idade estabelecida no Código de Direito Canônico para que o bispo apresente seu pedido de renúncia ao Papa. A Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou mensagem de agradecimento a dom Alessandro.