Taxa básica de juros cai para 4,25% ao ano, menor patamar da história

90

A taxa básica de juros brasileira (Selic) atingiu um novo patamar mínimo histórico e chegou 4,25% ao ano nesta quarta-feira (5). A redução de 0,25 ponto percentual foi a quinta consecutiva feita pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que se reúne uma vez a cada 45 dias para decidir sobre a taxa Selic.

A Selic serve de referência para todas as outras taxas de juros praticadas no país, seja por bancos ou corretoras, e também funciona como política monetária para controlar a inflação e estimular o consumo interno. A taxa chega ao menor patamar desde 1999, quando o Brasil passou a adotar o regime de metas da inflação. Até julho do ano passado, a taxa Selic permanecera estável em 6,5% ao ano por 18 meses.

De acordo com o comunicado do Copom, após essa decisão, a Selic não deve sofrer mais reduções este ano. “O Copom entende que o atual estágio do ciclo econômico recomenda cautela na condução da política monetária. Considerando os efeitos defasados do ciclo de afrouxamento iniciado em julho de 2019, o Comitê vê como adequada a interrupção do processo de flexibilização monetária”, diz o texto.