Ypiranga vence nos pênaltis e vai à semi

288

Bandeiras tremulando e torcida organizada atenta a cada lance. Imagens que fazem parte do cotidiano de quem vai aos estádios. Mas quando se trata de Divisão de Acesso, o apoio e incentivo mostra a força do futebol do interior. E na noite desta quarta-feira (24), o Ypiranga driblou um estádio Aldo Dapuzzo quase lotado, e garantiu vaga a semifinal da competição após vencer o São Paulo nas penalidades por 5 a 4. Nos 90 minutos, Reinaldo marcou o gol do Canarinho e Elton empatou para os donos da casa. Nos pênaltis, Gramadense, Wesley, Fidélis, Marco Antonio e Reinaldo converteram.

O primeiro tempo foi movimentado e com chances de gols para as duas equipes. O destaque foi o goleiro Deivity que realizou duas defesas. Já o Ypiranga armou o contra-ataque e só não abriu o placar pela zaga que estava atenta. Mas a insistência deu certo, e o Canarinho chegou ao seu gol após o arbitro marcar um pênalti a favor da equipe. Na cobrança, Reinaldo marcou e deixou os visitantes na vantagem.

No segundo tempo, o Canarinho enfrentou a pressão imposta pelos donos da casa. A primeira oportunidade de ampliar o placar veio com Reinaldo, mas no momento do chute, o goleiro Jeferson defendeu.

Depois do lance, o São Paulo de Rio Grande intensificou a pressão e buscou o gol de empate para levar a decisão as penalidades. William Ribeiro tentou o chute e o zagueiro Marcão, cortou. Peres em uma tabelinha com Ludwig também armaram a jogada que parou na zaga.

Aos 30 minutos do 2º tempo, os donos da casa tiveram uma falta marcada ao seu favor, após o Wagão derrubar o jogador Allan. Na cobrança de Mauricio, a defesa afastou. A situação se complicou para o Canarinho após o zagueiro Wagão levar o segundo cartão amarelo e ser expulso.

No apagar das luzes, o goleiro Deivity salvou o chute de Allan. Após oito minutos de acréscimos, o Canarinho sofreu o gol, após Elton subir mais alto. O empate em 1 a 1 levou a decisão para os pênaltis.