Para equilibrar orçamento, Correios poderão cortar funcionários

Para equilibrar orçamento, Correios poderão cortar funcionários

87

Com o objetivo de sair do vermelho e equilibrar as contas, os Correios devem apresentar nos próximos dias medidas que reestruturarão a empresa, que atualmente possui uma dívida de mais de R$ 4 bilhões, prejuízo orçado entre 2015 e 2016. Entre as metas, os Correios estudam a viabilidade jurídica de corte de parte do efetivo de funcionários, após o resultado do Programa de Demissão Incentivada (PDI) ficar abaixo da expectativa.

Em novembro de 2016, o PDI teve uma baixa adesão de funcionários: dos 17 mil trabalhadores que preenchiam os requisitos para participar do programa, apenas 5,5 mil aderiram ao plano.

Atualmente, os Correios contam com mais de 110 mil funcionários. Com o desligamento dos 5,5 mil, que participaram do PDI, a estimativa é de economia de R$ 700 milhões ao ano.