Piratini confirma parcelamento de salários de 75% dos servidores no RS

0
673

Os salários de março serão parcelados para cerca de 75% dos servidores públicos vinculados ao Executivo do Rio Grande do Sul. O governo estadual informou na noite desta quarta-feira (30) que cada matrícula receberá como remuneração um valor até R$ 1.250, o que garante o pagamento integral a 80 mil vínculos, 24,58% dos cerca de 347 mil.

Com o anúncio inicialmente marcado para o final da tarde, a decisão acabou sendo informada já durante a noite, após em uma reunião entre a equipe econômica do governo. Este é o segundo mês do ano que os rendimentos do funcionalismo são parcelados. No mês passado, até o dia 29, os servidores receberam R$ 1.750.

Os salários deste mês serão divididos entre oito parcelas. O Piratini não informou um calendário de pagamento, mas espera que até o dia 20 do abril os vencimentos sejam quitados.

Segundo o governo, a folha completa do Executivo ficou em R$ 1,371 bilhão neste mês. O valor líquido dos salários é de R$ 1,144 bilhão para os servidores da administração direta, fundações e autarquias. O resto do valor se refere a compromissos do Tesouro com as consignações e os impostos sobre a folha.

O secretário da Fazenda, Giovani Feltes, atribui a medida às dificuldades financeiras enfrentadas pelo governo devido à crise no país e os compromissos financeiros de fevereiro que foram saldados em março. “Conseguimos quitar as principais contas de fevereiro, como o próprio salário e a dívida com a União, apenas no dia 11. Ou seja, tivemos dias de arrecadação para cobrir a despesa de um mês inteiro”, explicou o secretário.