Prefeitura e Emater/RS-Ascar realizam o 1º Encontro Técnico de Agroindústrias Familiar de...

Prefeitura e Emater/RS-Ascar realizam o 1º Encontro Técnico de Agroindústrias Familiar de Aratiba

71

A prefeitura de Aratiba, por meio da Secretaria Municipal da Agricultura e com participação do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar, realizou o 1º Encontro Técnico de Agroindústrias Familiar, nesta terça-feira (11), com o objetivo de levar aos agricultores e agricultoras as informações de apoio na implantação da agroindústria familiar no sentido de qualificar e fortalecer a produção e comercialização dos produtos da agricultura familiar.

O agrônomo e assistente técnico regional em Organização Econômica da Emater/RS-Ascar, Carlos Angonese, falou sobre os aspectos legais de implantação de empreendimentos rurais e comercialização da produção, destacando a legislação nos aspectos fiscal, ambiental e sanitário, mercados institucionais Programa Nacional Alimentação Escolar (PNAE) e Programa Aquisição de Alimentos (PAA), além do Programa Estadual de Agroindústria Familiar.

Angonese destaca a importância de consumir produtos provenientes da agroindústria familiar, pois fortalece e contribui para o desenvolvimento local, além do resgate da identidade cultural, através de receitas que vão passando de geração em geração em decorrência da sucessão familiar. Para iniciar o processo de legalização da agroindústria familiar é necessário primeiro escolher o local onde será construída a agroindústria, solicitar o licenciamento ambiental e encaminhar a legalização fiscal, sanitária e ambiental. “A Emater assessora as famílias que pretendem empreender”, orientou Angonese.

O secretario municipal da Agricultura, Elói Schnneider, e a Extencionista Social do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Aratiba, Angelisa Silveira, na abertura do encontro, expuseram a importância da realização do evento no sentido de esclarecer dúvidas na implantação, legalização e gestão das agroindústrias familiares. Em seguida, o prefeito Guilherme Eugênio Granzotto colocou a administração municipal à disposição dos agricultores para apoiar e incentivar as agroindústrias familiares que vem se constituindo uma importante alternativa de geração de renda familiar no meio rural e, consequentemente, contribui para o desenvolvimento socioeconômico do município, que atualmente conta com cerca dez agroindústrias.

Participaram também do evento representante da cooperativa Cresol, Célio Lise, presidente do Sutraf, Darlei Libero, representante do Centro de Tecnologias alternativas Populares (Cetap) Edson Klein, presidente da Cooperativa de Produção Agropecuária Aratiba Ltda (Copaal), Clamir Balen, vereadores e demais entidades e autoridades municipais.

As agricultoras Sodila Dallazen e Noemi Ongaratto, empreendedoras da Agroindústria Aroma de Mulher, localizada na comunidade do Pio X, parabenizaram os organizadores do evento e consideraram o encontro uma possibilidade de se atualizar e também proporcionar a troca de experiência entre as agroindústrias presentes.

Ao final do evento, houve uma confraternização com os alimentos produzidos nas próprias agroindústrias dos participantes.