8.5 C
Aratiba
sexta-feira, 12/julho
Player de Áudio Responsivo
InícioReligião23. Voz da Diocese - 09.06.24

23. Voz da Diocese – 09.06.24


Matrimônio cristão, sinônimo de felicidade

Minha saudação a todos os irmãos e irmãs que acompanham Voz da Diocese. Quero saudar particularmente os jovens e convidá-los a refletir sobre o “Dia dos namorados”, a ser comemorado no próximo dia 12 de junho.

Caríssimos irmãos e irmãs. Antes de tudo, lembremos que a Liturgia deste domingo, especialmente o Evangelho de Marcos, quer nos ajudar a entender quem é Jesus e qual a sua missão. Mostra Jesus em casa com seus discípulos e em torno deles, uma grande multidão que se reuniu para escutar sua palavra e acolher seus ensinamentos. Essas pessoas que acorrem a Jesus são os pobres, os doentes e os necessitados em geral. O Evangelho faz ver que Jesus se sente “em casa” ao estar com eles.

Jesus, ao ser informado que seus familiares estavam do lado de fora da casa, procurando por ele, após fazer um questionamento sobre quem é sua família, responde que sua família é formada pelos que estão ao redor dele, em atitude de acolhida e vivência de sua proposta libertadora, a vontade de Deus. A nova família de Jesus, portanto, tem como base constitutiva, não o parentesco de sangue, nem a tradição religiosa comum, mas uma escolha pessoal que se traduz no empenho em fazer a vontade de Deus tornando-se seus discípulos.

Ao refletirmos sobre a família de Jesus, na proximidade de comemorar o dia dos namorados dizer aos jovens namorados: “Namoro… uma palavra simples, com um significado tão rico”. Na sua essência, composta pelo verbo amar. Na estrutura familiar é o período onde o casal passa a se conhecer, partilhar um pouco de seus sonhos, desejos e anseios, antes de darem um passo a mais e se unirem em matrimônio.

Caríssimos. Namorar significa estar em amor. Muito mais do que um estágio de vida, o namoro é uma fase em que o relacionamento deve ser vivido com entrega e verdade. Não há nada mais sublime do que desfrutar dessa fase ao lado de alguém que, além de te amar, te aproxima de Deus. O namoro cristão deve ser vivido a três: o outro, você e Deus.

Por mais que o mundo tenha banalizado o namoro e alguns preceitos cristãos tenham sido deixados de lado, não há como não ressaltar a importância do casal de namorados estarem unidos a Deus. Namorar é conhecer. É o momento de descobrir as afinidades com a outra pessoa.

O segredo para um casamento feliz é um namoro vivenciado com respeito, na verdade, compreensão, companheirismo, castidade e fé. Homem e mulher respeitando suas diferenças e reconhecendo-se em ambos, a imagem e semelhança de Deus.

Segundo o Catecismo da Igreja Católica, cabe ao casal se “ajudar mutuamente a crescer na castidade”; devem procurar conhecer-se com reciprocidade, descobrindo o respeito mútuo e num compromisso de fidelidade.

O maior desafio do namoro cristão hoje é encontrar alguém que compartilhe do mesmo propósito que o seu. Há os que aceitam o Cristo através do outro num relacionamento. Essa é uma bela demonstração de amor para firmar um compromisso. Namorar é um constante doar-se que exige esforço e paciência para alicerçá-lo. Requer diálogo acima de tudo! É a única forma de conhecer profundamente um ao outro. O verdadeiro amor constrói e Deus dá a sustentação.

Prezados jovens. Não tenham medo de recuperar os valores da vida cristã, nos relacionamentos enamorados para construir uma verdadeira família, baseada também na família de Jesus. O testemunho cristão dos pais começa na decisão de se conhecerem, de se amarem e assumirem o Sacramento do Matrimônio como sinal do grande amor de Deus por todos nós. Não tenham vergonha de se espelharem em Jesus e observarem seus ensinamentos como membros de sua família. Ele é o caminho seguro para a verdadeira felicidade.

Parabéns a todos os casais de namorados e que o Espírito de Deus os guie no conhecimento da verdade, a fim de que, assumindo o matrimônio cristão, tornem-se pais exemplares onde em seus lares reine a alegria, a paz e a felicidade.

Que Deus os abençoe e a santidade seja a meta final de toda família cristã.

Um bom domingo a todos!

Dom Adimir Antonio Mazali – Bispo Diocesano de Erexim – RS

QUEM VIU ESTA NOTÍCIA, TAMBÉM LEU:
- Publicidade -

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

Recent Comments